Já vou avisando que alguns cães da lista são usados para rinha e quem acha isso desagradável e não-pode-nem-ver é melhor pular esse post. Fora isso todos os cães são simplesmente demais.

Dois vídeos são o que chamam de “teste de comportamento” onde irritam o cão até que ele perde a linha, e começam a ficar bem puto, estejam avisados.

1- Bully Kutta


- “A Besta do Leste” é o como é conhecido. 1,1m e 90kg de puro terror.

- Uma raça de cães brutais e agressivos que foi criada apenas para o cruel esporte de rinha de cães.

- Essa raça era usada no Exército Persa para combate físico, mas nunca em área cívil, pois eles são demasiadamente imprevisíveis.

- Com o treinamento correto e a socialização do Bully Kutta, ele pode se tornar um bom cão doméstico. Mas quem garante?

O Bully Kutta ainda é usado no Paquistão e no Afeganistão como cães de luta e é um dos mais perigosos cães de guarda do mundo. Poucas pessoas vão ter interesse em roubar sua casa com um desses no quintal.

Você acha um Pitbull violento? Ninguém quer um Bully Kutta no Ocidente, senão essa história seria bem diferente.

Ohmm, que gracinha. NOT.

2- Thai Ridgeback


- É uma raça que pode ser considerada anciã. Tipo o Niemeyer do mundo dos cães.

- O Thai Ridgeback é uma das únicas 3 raças a ter uma crista ao longo das costas. Moicano mesmo, sabe? Punk rock!

- O porte da raça é médio, musculoso e extremamente ágil.

- Suas orelhas são grandes, pontudas, e bem separadas, o que o deixa com uma aparência de morcego em alguns ângulos.

O Thai Ridgeback (como toda a família de Ridgebacks), são cães protetores e podem se tornar violentos se não forem socializados desde pequenos.

É também indicado para criadores dominantes e que entendam o comportamento de um cão, para que não acabe servindo cházinho e bolachas para seu Thai Ridgeback alphadog.

3- Cão Chinês de Chongqing


- Essa raça também é bem antiga e existe desde a Dinastia Han, há mais de 2000 anos.

- Quase ninguém conhece essa raça, e ela é rara até mesmo na China.

- Sua aparência é entre um Bulldogue, um Thai Ridgeback e um ET. Ok, tira o ET.

- O Cão Chinês de Chongqing precisa de no mínimo 30 minutos de exercícios rigorosos por dia. Ele não é cachorro para apartamento.

Esse cão tem um temperamento bem sociável, mas irá competir com qualquer cão que não for familiar a ele, e como ele é extremamente forte, o outro cão pode não sair muito bem da briga.

Eles são cães de guarda naturais, talvez os mais naturais, mas não são de jeito algum indicados para trabalhos policiais, pois ele respeita apenas donos calmos e confiantes, o que é raro de achar por aí.

4- Skye Terrier


- Claro que teria um cão de madame no meio da lista, né?

- Pra você ter uma noção de quão sedentário esse cãozinho é, se ele for exercitado demais quando pequeno, ele pode causar danos aos ossos e parar de crescer.

- Claro que parar de crescer é uma boa notícia, mas ele também pode crescer todo deformado se for exercitado demais, o que não é uma boa idéia.

- Ele tem várias cores: Azul cinzento, Cinza, Preto e Loiro. Todas as cores resultam em uma cor mais escura nas orelhas e no rabo.

O Skye Terrier é uma raça com nanismo. Sim, ele é um anão, e por isso pode ter tanto problemas relacionados com ossos. Se eu tivesse um eu iria chamar de “Wee-man” do Jackass.

Ele também não deve correr, pular para cima ou para baixo e nem fazer longas caminhadas no primeiro ano por causa de sua condição. Doenças degenerativas também são comuns na raça.

5- Cão Cantor de Nova Guiné (Canis lupus hallstromi)

- Essa raça tem um grande porém: não é um cão doméstico, e sim um cão selvagem.

- Essa é possivelmente a raça mais antiga de cachorro, que pode ter resultado todas as outras.

- Eles são excepcionalmente inteligentes, mas difícil de criar como cão doméstico por conta de seus traços selvagens.

- Com a socialização da raça, é possível que eles vivam em um ambiente doméstico.

Se você achou que “Cão Cantor” tinha algo a ver com a sua habilidade de uivar, você acertou em cheio. Eles são únicos na sua maneira de uivar e quando um começa, os outros irão acompanhar.

Os cães cantores não podem apenas uivar, mas como também modular seu timbre. Eles são tipo os tenores caninos, e deve ser uma m… dormir com um desses na sua janela.

6- Gull Terr


- Esse cão caça ursos. Sim, pasmem! Uma matilha de Gull Terr irá facilmente subjugar um urso.

- Ele é conhecido como o “Cão Gladiador”.

- Como o Bully Kutta, ele também foi feito com o intuito de ser um cachorro de rinhas.

- Eles são mais fáceis de treinar do que um Bully Kutta, mas mesmo assim só é indicado para criadores experientes.

Gull Terrs são ótimos cães de guarda, pois apesar de serem bem agressivos, eles são obedientes. A única razão para ter um desses de animal de estimação é para proteção.

Eles também são bem saudáveis, mas surdez é uma doença comum entre Gull Terrs. O que pode não ser uma boa, pois ele não atenderá mais quando estiver atacando alguém.

7- Cão Pastor Romeno Miorítico


- Esse cão tem 85cm e até 65kg, o que o faz um cão de grande porte.

- Como ele é um cão pastor, os predadores das ovelhas o confundem com uma delas, e sempre se dão mal.

- Ele tem uma pelagem branca (as vezes com manchas) e bem vasta e se confunde no meio das ovelhas.

- Eles são totalmente adaptados ao frio, e normalmente dormem na neve. Isso é que é ter calor.

Esse Cão pastor é calmo, extremamente obediente e se dá bem demais com a família que o criar. Ele também tem a habilidade de se apegar fortemente ao seu criador, então deve começar o adestramento o quanto antes.

Ah, ele não é feito para morar em apartamento, caso você esteja pensando em criar uma ovelha gigante e peluda no seu cubículo.

8- Ovtcharka do Sul da Rússia


- Não, ele não é a Priscila do TV Colosso.

- Ele é um cão de porte grande com 70cm de altura.

- Eles tem pelos longos com até 12cm de comprimento. Sim, seu pelo é maior que alguns pinchers por aí.

- Diz que sua pelagem pode ser um pouco amarelada. Mas sinceramente quem diz isso é dono porco #prontofalei.

Esse cão é robusto, com musculatura desenvolvida e uma estrutura óssea massiva. Ele pode subjugar outros cães com alguma facilidade por ser tão robusto.

O Ovtcharka é melhor criado se tiver algum outro animal para proteger. Tipo uma matilha imensa de pinchers.

Teste de comportamento. Cena bem feia, mas quem quiser, assista.

9- Cão de Guarda de Moscou


- Ele descende do cruzamento entre o São Bernardo e o Pastor Caucasiano.

- É outra raça de porte grande com 70kg.

- Esse cão não baba como seu parente, o São Bernardo.

- Ao contrário do São Bernardo também, essa raça precisa de exercícios vigorosos.

Essa raça foi criada recentemente, em 1985 para ser exato. Na Rússia eles são mostrados no que se chama de “Special Show” , pois é o segundo em grau de nobreza por lá.

Você também pode o chamar de “Moskovskaya Storozhevaya Sobaka”, que é bem mais legal se tiver que falar pros seus amigos que você tem um.

10- Otterhound


- É uma das raças britânicas mais raras e antigas.

- Apesar de sua aparência de vira-lata, ele é bem forte e tem o corpo resistente, o que o faz apto para trabalhos árduos.

- Eles tem até 54kg, o que não é pouco, e são especialistas em investigar coisas pelo cheiro.

- São amigáveis e tem uma voz grave que, infelizmente, usam sempre.

Os Otterhounds são usados também para a caça e irão caçar qualquer coisa que for menor que eles e que você apontar. Eles são obedientes assim.

Eles também podem ser cães domésticos pois são muito tranquilos. Mas é preciso ter cuidado porque eles podem pular uma cerca de 1,5m com facilidade.

E deu!

Veja também 6 fatos que podem te tornar aracnofóbico.